Abdominoplastia

(Dermolipectomia abdominal)

Apesar da evidente variação de beleza ideal ao longo do tempo, o abdome firme, plano e com a cintura estreita tem sido universalmente admirado.

Atualmente muitas mulheres julgam sua saúde, forma física, envelhecimento e sexualidade de acordo com as proporções de seu abdome e mudanças ao longo de sua vida, sendo freqüente a insatisfação com sua aparência física.

 A abdominoplastia é uma cirurgia realizada para eliminar o excesso de tecido gorduroso e flacidez de pele, principalmente na parte média e inferior do abdome. Freqüentemente, mulheres que passaram por várias gestações têm uma quantidade excessiva de pele nessa região como resultado do aumento de volume do abdome durante a gravidez.

Na operação, o cirurgião descola a pele do abdome e a estica para baixo, removendo o excesso de pele e gordura. Nessa ocasião também é feito uma aproximação dos músculos abdominais separados durante a gravidez. Desta maneira conseguimos uma melhora da silhueta, com uma cintura mais delicada e bem torneada. Esta cirurgia por si só não constitui um tratamento para estrias, porém se estas estiverem localizadas na porção inferior do abdome, serão removidas.

A cicatriz cirúrgica fica posicionada na parte inferior do abdome, tendo-se sempre a intenção de posicioná-la na região onde o biquíni, ou a roupa íntima, possam cobri-la. A cicatriz da abdominoplastia é definitiva, e a paciente deverá decidir se a flacidez do seu abdome representa uma deformidade física maior do que a cicatriz resultante. Sempre converse com seu médico antes de se decidir; para que ele possa lhe mostrar os potenciais benefícios e limitações desta técnica operatória, de acordo com o seu caso, pois vários aspectos individuais irão influenciar o resultado.